Podcasts do Caixa

Está finalizada a terceira rodada do Campeonato Pernambucano. Nessa rodada, ainda aconteceu um jogo atrasado, o confronto entre Náutico e Petrolina. E os três times da capital conquistaram vitórias, apesar de o Timbu ter vencido - oficialmente - pela segunda rodada do torneio. O Central se manteve com 100% de aproveitamento e o Salgueiro volteou a vencer após tropeçar na Patativa. Por outro lado, Vitória, Petrolina e América vão se consolidando como os principais candidatos ao rebaixamento.

A rodada foi aberta no domingo com dois jogos. Na Ilha, o Sport venceu o Clássico dos Clássicos por 3 a 1. No Paulo Coelho, Petrolina e América empataram sem gols. Na terça-feira, o Santa Cruz venceu o Afogados por 4 a 1, na Arena. Na quarta, o Salgueiro fez 4 a 3 sobre o Flamengo, no Cornélio. Na Arena, o Central bateu o Vitória por 1 a 0. E o Náutico fechou a - segunda - rodada com a primeira vitória no estadual, 5 a 0 sobre o Petrolina, nos Aflitos.

Sport 3x1 Náutico: Clássico da traquilidade
Volante Ronaldo foi um dos destaques do jogo. (Foto: Williams Aguiar/Sport)
Após estreias ruins no estadual, Sport e Náutico se enfrentaram na Ilha após as primeiras vitórias na temporada. Logo aos cinco minutos, Hernane Brocador abriu o placar para o Leão. Ainda no primeiro tempo, Ezequiel marcou o segundo. Adryelson, após cruzamento de Raul Prata, marcou o terceiro, de cabeça. No final do jogo, Wallace Pernambucano bateu para o gol livre, mas Chico salvou em cima da linha, machucado, o zagueiro prata da casa deve passar 4 meses fora dos gramados. No escanteio que surgiu desse lance, Robinho diminuiu para o Náutico, após falta não marcada em Magrão.

Apresentando total domínio do jogo, o time de Milton Cruz apresentou bastante efetividade e passa a ter mais confiança em seu ataque. Já o Náutico, mais uma vez, apresentou um time sem capacidade criativa e repetindo os mesmos erros. A pressão em Márcio Goiano caminha para o limite, apesar de a vitória contra o Petrolina já ter sido um alento.

Petrolina 0x0 América: Primeiros pontos
América voltou para Recife com o suficiente para ficar fora da zona. (Foto: Facebook/Petrolina)
O confronto entre a fera sertaneja e o periquito citadino terminou em um empate sem gols em Petrolina. O Petrolina, mais uma vez, apresentou um futebol sem entrosamento. Já o América buscou mais o jogo e foi melhor na maior parte do jogo. A melhor chance, porém, foi sertaneja, quando Naldo cruzou e Jean cabeceou para o gol, mas o juiz marcou impedimento e o tento não valeu.

O Petrolina, de Lira, repetiu os erros do jogo contra o Afogados, apesar de chegar mais perto de abrir o placar. Já no Mequinha, Roberto de Jesus precisa ligar o alerta para a improdutividade do time. Até o empate, todos os jogos de ambos, haviam sido derrotas. O Petrolina fechou a rodada na vice-lanterna e o América logo acima, assim, os dois são grandes candidatos ao rebaixamento.

Santa Cruz 4x1 Afogados da Ingazeira: Arena Elias
Allan Dias e Elias Carioca marcaram dois dos gols da goleada tricolor. (Foto: Rodrigo Baltar/Santa Cruz)
Mais uma vez sediando seu jogo na Arena, por causa das condições do gramado do Arruda, o Santa Cruz venceu a segunda no estadual. Allan Dias abriu o placar, Diego Ceará empatou para a Coruja e se isolou na artilharia do PE19. Daí então, só deu Santa, Diego Lorenzi, Neto Costa e Elias Carioca. O jovem Elias, inclusive foi o grande destaque da partida e está se consolidando como principal jogador do elenco tricolor.

Com total domínio de jogo e melhorando o entrosamento, o Santa Cruz, de Leston Júnior, vai tendo um dos melhores inícios de temporada do futebol local. A equipe vem demonstrando eficiência no ataque e consistência na defesa. Já o Afogados perde a invencibilidade, mas continua bem posicionado. O time de Pedro Manta não apresentou perigo para o tricolor, mas tem boas atuações nos primeiros jogos para acalmar a torcida.

Salgueiro 4x3 Flamengo de Arcoverde: Cornélio de Gols

No segundo confronto sertanejo do PE19, uma chuva de gols com vantagem para o Salgueiro, que venceu o Flamengo de Arcoverde por 4 a 3 no Cornélio de Barros. Willian Anicete abriu o placar para o Salgueiro. Erycks Júnior, que jogou no Carcará em 2018, empatou para o Tigre. Esse foi o terceiro gol do atacante, que se igualou a Diego Ceará na artilharia. Thomas Anderson marcou o segundo do tricolor, mas Thiago Bagagem empatou. No segundo tempo, Muller Fernandes colocou o Salgueiro novamente na frente, e o Flamengo empatou, de novo com Bagagem. No final do jogo, William Anicete marcou seu segundo gol, garantiu a vitória do Carcará e a sua vaga na artilharia do estadual.

Em um jogo bastante elétrico, o time de Sérgio China jogou melhor, mas cometeu falhas na defesa, que o Flamengo soube aproveitar. Para as duas equipes, ficam o bom aproveitamento ofensivo escancarado na partida. Nílson Corrêa vê seu time cair para a sexta posição, mas ainda caminhando para a segunda fase. Já China, vê o Carcará com o melhor ataque do torneio, 12 gols em 3 jogos.

Vitória das Tabocas 0x1 Central: Avante, Patativa
Vitória foi melhor na Arena, mas Central levou os três pontos. (Foto: Facebook/CentralSC)
No quinto jogo da Arena de Pernambuco na temporada 2019, o Vitória das Tabocas selou a terceira derrota e o Central garantiu a terceira vitória. A patativa foi melhor no primeiro tempo e abriu o placar aos 34 minutos, com Murilo Rangel. Na segunda etapa, porém, o Vitória, que já tinha se defendido bem nos primeiros 45 minutos, cresceu e assumiu o controle do jogo, ditando o ritmo da partida e chegando perto do empate algumas vezes, mas sempre parando no goleiro Jeferson.

Na estreia do novo treinador, Fernando Lins, o Vitória fez sua primeira boa partida no ano. A equipe se postou bem defensivamente no primeiro tempo e dominou completamente o Central no segundo, mostrando um futebol completamente diferente das derrotas improdutivas contra Salgueiro e Sport. O destaque da partida foi o goleiro Jeferson, do Central, atuando pela primeira vez na temporada. Já a equipe de Estevam Soares, apesar da vitória, não teve um bom desempenho.

(2ª rodada) Náutico 5x0 Petrolina: Vencer no novo Aflitos
Náutico conseguiu a primeira goleada dentro do novo Aflitos. (Foto: Divulgação/Náutico)

Em jogo atrasado da segunda rodada, o Náutico conseguiu - finalmente - a primeira vitória oficial no novo Estádio dos Aflitos. No primeiro tempo, Wallace Pernambucano, Robinho, Fábio Matos e Luiz Henrique abriram e Assis encerrou o placar para o Náutico sobre o Petrolina. A partida é apenas a segunda vitória do Náutico na temporada, novamente sobre uma equipe muito fragilizada, que não ofereceu nenhuma resistência ao Timbu.

Apesar do placar elástico, o Náutico ainda não conseguiu convencer. A sensação que fica é a de que a vitória alvirrubra é, apenas, pela fraqueza do adversário. O time de Lira não apresentou nenhuma ameaça ao clube de Rosa e Silva, fez seu pior jogo na temporada e se manteve na zona de rebaixamento sem apresentar nenhuma reação.

Próximos jogos

Fim de semana
03/02 (16h) - América (8º) x Sport (4º) - Ilha do Retiro/Recife

Meio de semana
06/02 (20h) - Afogados da Ingazeira (5º) x Salgueiro (3º) - Vianão/Afogados da Ingazeira
06/02 (20h) - Náutico (7º) x Vitória das Tabocas (10º) - Aflitos/Recife
06/02 (21h15) - Petrolina (9º) x Santa Cruz (2º) - Paulo Coelho/Petrolina
| Designed by Colorlib